terça-feira, 25 de julho de 2017

A Flor Precária 13. Naus ardem no mar do esquecimento

Emil Otto Hoppé - Ms. Ann Hayes, England, 1934

13. Naus ardem no mar do esquecimento

Naus ardem no mar do esquecimento,
lemes e velas abrem-se em fogo
e crepitam no palácio da memória,
na combustão das acácias da noite,
na flor precária, branca e bravia,
suspensa no gesto da tua mão.

(A Flor Precária, 1979)