sábado, 29 de julho de 2017

Tempo novo

Salvador Dali - Una parca del Partenón (1960)

Já não tarda o novíssimo tempo
(Rui Cóias, Europa)

Ser europeu talvez seja viver na tensão entre a expectativa messiânica convocada no verso de Rui Cóias e o trabalho das Parcas. Cada vez que oiço falar de um novíssimo tempo vejo a Parca preparar-se para cortar o fio que uma irmã laboriosamente fiou e a outra estendeu não sem generosidade.